Aline e Igor

SEJA BEM VINDO AO NOSSO SITE
Aline e Igor

Nossa história

Hoje em dia o noivo é apaixonado pela noiva e a noiva é apaixonada pelo noivo. Quem acha que foi simples assim desde o começo, pode estar bem enganado. Mas se você acha que era totalmente o contrário, também está meio desinformado e precisa dar uma conferida em todos os detalhes da nossa história. Alguns desses detalhes são bem conhecidos de quase todos, outros só poucos sabem, mas tem aqueles que ninguém sabia (até agora)...

Bom, como nossa história é bem longa, vamos dividir por etapas e contar com detalhes cada uma dessas etapas que sem dúvida ficarão sempre na nossa memória...

 

1 – Quando nos conhecemos

Igor: - A primeira vez que eu lembro que a gente se viu foi em 2010, no começo do ano. Em um Sábado à noite... A Aline tinha acabado de se mudar para Lavras e o Ricardo levou ela pra sair com um grupo de amigos e eu estava entre esses amigos. Pra resumir, só lembro que a gente foi parar lá na casa da vó do Leleco.  A gente andou a cidade inteira à pé e não decidia o que ia fazer aí eu fiquei meio incomodado, mas nada demais. Eu tive a impressão que a Aline era bem tímida porque ela ficou bem quietinha e só conversava com o Dudu. Achei ela bonita também e um pouco séria porque ela estava usando óculos.

Aline: Sim, e a gente nem conversou nesse dia, só nos cumprimentamos... Nessa época o Igor gostava de outra menina e nem me deu muita bola...

 

2 – O toco

Aline: Então, passou o tempo e acabou não dando certo com a guria que o Igor gostava, e então nos encontramos mais uma vez no acampamento de carnaval. Nesse acampamento a gente começou a conversar um pouco mais...

Igor: É verdade, conversamos bastante no acampamento e eu até lembro que teve uma vez que a Aline tava com um vestido longo porque ia ter uma peça e a gente ficou conversando e eu achei ela bem bonita nesse dia =) Tinha um monte de cara a fim dela e tal, mas senti que ela me deu uma moral no dia que a gente estava assistindo um vídeo com o pessoal e de repente o video deu um susto, apareceu um fantasma, e ela estava do meu lado e me deu uma agarradinha kkkkkk.  Nesse mesmo acampamento teve uma hora que a gente estava na barraca conversando e formando casais: o casal pra depois de um ano era a Aline e eu... Mas depois de um ano, no começo de 2011, não foi Aline e eu. Na verdade, foi só depois de quase 3 anos!

Aline: Depois do acampamento de carnaval, a gente foi ficando mais próximo. Eu lembro que o Igor ia me buscar todo dia no ponto de ônibus, quando eu voltava da escola. Eu fazia o terceiro ano lá na Fadminas e lembro que, toda vez que eu chegava no ponto, ele estava lá me esperando.

Igor: Eu comecei a ir buscar a Aline junto com o Ricardo porque a gente tinha esquema junto lá... Teve um dia que ela ficou muito felizinha quando me viu e na hora que a gente foi se despedir (e isso a galera não sabe), a gente deu um beijo na trave...

Aline: A gente conversava todos os dias por telefone, e teve um dia que o Igor me ligou e enquanto a gente conversava ele foi indo pra minha casa. Chegou lá de surpresa e ainda levou chocolate. No meu aniversário o Igor me deu uma sacola com bolacha e iogurte e amarrou a sacola com a fitinha do acamp de carnaval, que foi quando a gente começou a conversar, ele me deu isso porque eu falei que gostava muito de comer danone com bolacha.... Depois também, na páscoa, ele me deu ovo de páscoa com um coelhinho muito fofo, que eu tenho até hoje =) E eu lembro que nesse estágio nós estávamos bem amigos, porque a gente conversava muito.

Igor: Como eu já disse, todos os caras estavam a fim da Aline, e ela começou a dar toco em todos... E eu sempre tentando arrumar um jeito de estar no mesmo lugar que ela, mas como tinha muito cara, não dava pra ficar muito perto. A minha besteira foi ser o penúltimo, porque eu acho que a meta da Aline era cortar todos e, na hora que só tivesse um, aí ia ser ele... Aí eu cheguei de penúltimo e tomei um toco também! kkkkk. Enfim acabou não rolando entre a gente e ficamos só na amizade...

 

3 - A Amizade sem segundas intenções

Igor: Depois de tudo isso, eu tive que ir pra casa, porque tive que operar...depois da operação a gente acabou ficando um pouco distante. A Aline acabou namorando com outro e eu namorei também...

Aline: Mas claro, que mesmo assim, depois que passou a aquele clima meio estranho a gente voltou a conversar e voltamos a ser amigos. Nos encontrávamos muito na Ufla, fazíamos várias matérias juntos. Então a gente teve muito contato, almoçava no RU todos os dias com vários amigos: o Igor, eu, o Evandro, a Carol, a Jéssica... e às vezes só nós dois também... Eu lembro também que às vezes depois do almoço, todo mundo descia para a casa do Igor, no Duplex. Tomávamos um sorvete, ou só ficávamos conversando mesmo. Então, virou rotina, a gente sempre fazia várias coisas juntos e conversávamos muito. Isso aconteceu por uns dois anos. Até que...

 

4 – O rolo

Igor: Chegou o dia em que a Aline tinha terminado o namoro e eu já tinha terminado também. A gente tava fazendo duas matérias juntos e a faculdade entrou de greve. Nossa professora passou trabalho pra gente fazer durante a greve, e como tinha MUITO trabalho, começamos a fazer juntos... Como eu disse, nessa época os dois estavam solteiros, e como a gente passava muito tempo junto fazendo trabalho, acabou rolando um clima!

Aline: Aí tá, eu viajei pra Caldas Novas, mas a gente continuava se falando por mensagens... Quando eu voltei pra Lavras, a gente estava sentindo muita falta um do outro. Então, quando a gente se encontrou de novo, começamos a ter um rolo mesmo, os dois começaram a pensar no outro de um jeito diferente, sem ser só como amigos...

Igor: Saíamos muito com nossos amigos, mas a gente começou a querer sair só nós dois, ter alguma coisa diferente... Mas a Aline tava um pouco insegura ainda, meio em dúvida, com medo de estragar a amizade, com medo de já entrar em outro namoro e tal... Eu sempre queria tocar no assunto de namoro, sempre tentando alguma coisa mais, mas a Aline continuava em dúvida. Até que um dia, 7 de Outubro de 2012, eu resolvi arriscar. Liguei pra Aline e falei que queria sair, só nós dois. Fomos em uma pizzaria e depois fomos dar uma volta... Parei o carro, coloquei uma música que a gente gostava muito e pedi a Aline em namoro. Eu não tinha certeza se ela ia querer, tava com um medo de leve...

Aline: O pedido de namoro do Igor foi a coisa mais fofa do mundo e não teve como recusar rsrs... Nós sempre orávamos para tentar entender o que era melhor pra nós e mesmo insegura com o pedido do Igor, eu senti que deveria tentar com ele, pois era um moço com o coração bom, cristão, inteligente, lindo e que me tratava como uma princesa... A partir daí começamos a namorar.

 

5 – O namoro

Igor: No começo do nosso namoro, até um mês mais ou menos, a Aline ainda estava com o pé atrás e pensou em terminar... Mas acabamos viajando para Campo Grande juntos e, um dia, tivemos uma conversa bem sincera no shopping. Depois dessa conversa, começamos a sentir mais segurança no namoro...

Aline: Fomos passar o ano novo em Campo Grande e com essa conversa que a gente se abriu de verdade um com o outro, tudo ficou diferente. A gente começou a tentar pra valer e superar as coisas que não estavam dando muito certo. O namoro ficou mais leve e mais sério. Essa viagem pra Campo Grande foi muito legal, foi quando o Igor conheceu meus melhores amigos, o Ermani com a Dani. Foi quando eu levei ele pra comer sushi e ele amou...

Igor: É, foi muito boa essa viagem. Quando a gente voltou pra Lavras, estávamos com o namoro mais firme e a Aline já não tava mais insegura. É claro, que depois disso tivemos altos e baixos, como todo namoro, mas estávamos sempre juntos, sempre amigos e parceiros...

Aline: O Igor sempre foi muito romântico e já fez coisas incríveis pra mim... uma delas foi quando me deu aliança de namoro... Ele me levou na mesma pizzaria de quando ele me pediu em namoro, só que a pizza não estava boa, estava queimada e ele ficou todo chateado, achando que tinha dado tudo errado kkkkk Mas ai ele me levou na casa dele que tinha uma surpresa pra mim. Ele vendou meus olhos, me deu um buquê e quando eu tirei a venda, a aliança caiu na minha frente e ficou pendurada, foi lindo! Também me lembro do nosso primeiro ano de namoro que foi incrível, ele me deu um quadro grande com uma foto nossa, e escreveu  100 coisas que ele amava em mim..

Igor: A Aline também fez um jantar muito legal pra mim nesse dia, onde o quarto do Márcio (irmão dela) virou um restaurante de luxo e ficou tudo arrumadinho. Enfim, todas as datas importantes foram especiais e não passaram em branco.

Aline: Sempre fomos muito amigos antes de qualquer coisa e isso fez com que nosso namoro fosse muito mais especial, cheio de passeios, viagens com os amigos, viagens para a casa de amigos... Dias muito agitados, cheios de coisas para fazermos, mas também tivemos dias em que não fazíamos nada, só ficávamos assistindo aquele seriado favorito dos dois, e esses dias eram nossos preferidos...

Igor: A Aline sempre foi muito agitada, hiperativa e eu já sou bem mais tranquilo. Mas, o nosso namoro foi passando e a gente foi chegando a um equilíbrio muito bom. Hoje em dia ficamos bem felizes em fazer tudo juntos, mesmo quando é um programa mais agitado ou mais sossegado.

 

6 - O noivado!

Igor: Bom, chegou o dia em que eu comecei a planejar o pedido de casamento.  Eu já tinha comprado a aliança e a Aline sabia que eu queria pedir ela em casamento, porque a gente sempre conversava bastante sobre casamento. Mas ela não tinha noção de quando eu iria fazer isso. Como eu sabia que ela estava desconfiada, eu fingi várias vezes que ia fazer o pedido , mas sempre era pegadinha, até que ela achou que eu não ia pedir tão cedo.

Aline: Achei uma palhaçada essas trolagens ai kkkkkk... eu realmente estava desconfiada do pedido, mas depois dessas brincadeiras, eu tirei isso de cabeça. E claro que quando vc menos espera, acontece!

Igor: Era um domingo, dia 7 de fevereiro de 2016, falei que meus pais tinham ido para a roça e que o carro tinha estragado, e por isso eu teria que ir lá buscar eles... falei pra Aline ir comigo e então fomos. Eu filmei tudo e, acreditem, ela não reparou.

Aline: Quando fomos chegando na roça, em umas das arvores eu vi um buque de flores e achei estranho. O Igor desceu do carro e quando me entregou o buque tinha uma venda junto, que era pra eu colocar... Fomos andando até o campo e, chegando lá, o Igor tirou a venda. Quando eu vi já fiquei toda emocionada.

Igor: Eu tinha colocado todas as coisas que a gente já fez um pro outro, montei um varal com fotos e cartas. E amarrei uma cestinha com a caixinha da aliança bem em cima do varal. A Aline foi puxando a cordinha e a caixinha foi chegando perto...  

Aline: Quando eu peguei a caixinha e abri ela estava vazia. E quando eu virei pra “reclamar” com o Igor, ele já estava ajoelhado com outra caixinha, e essa estava com a aliança. Ele fez o pedido, e logo vieram ao nosso encontro nossos familiares e alguns amigos. Foi um pedido lindo! Mas claro que seria, pois o Igor sempre me surpreende nas surpresas, e o pedido de casamento não poderia ser diferente.

Igor: O tempo passou rápido depois daquele dia, e graças a Deus que passou, porque a gente tá ansioso demais pro casamento.

Aline: Estamos amando viver esse momento e confiamos em Deus que nosso dia será perfeito.

Igor e Aline: Agradecemos, primeiramente, a Deus por tudo que tem feito até aqui, aos nossos pais que estão sempre ao nosso lado, aos nossos familiares e amigos, e claro aos nossos queridos padrinhos e madrinhas.

 

7 – O CASAMENTO!

Que venha o dia 30 de abril =)

Fotos Recentes